sexta-feira, 17 de abril de 2015

Até o Céu

Na terra nasce o amor, no céu se eterniza...


Porque tatuar é arte !


Mandala Espiral



A espiral é um símbolo de evolução e de movimento ascendente e progressivo, normalmente positivo, auspicioso e construtivo, sobretudo na sua forma. Enquanto plana, a espiral pode ter associado o movimento de evolução e de involução. Na sua versão de espiral dupla, traduz o todo, a união dos contrários, o nascimento e a morte.
A forma da espiral é encontrada em todas as culturas e traduz um movimento ascendente de evolução a partir de um ponto inicial, o que pode até ser associado com a própria progressão da existência. Assim como a vida, a espiral helicoidal projeta-se para o infinito e aparentemente não tem fim. Está associada à Lua, à água, ao feminino, à evolução cíclica, à vida e à fertilidade, e está representada em muitas divindades femininas do paleolítico. O movimento da espiral é também o movimento da energia dos chakras conforme são descritos nas filosofias hindus.
Pelo seu lado, a espiral plana está associada ao labirinto, e pode significar um movimento tanto de expansão como de compressão para o centro. A espiral em forma dupla significa o nascimento e a morte e a alternância Yang e Yin. Está associada às duplas serpentes enroladas no caduceu e também às representações do dragão enroscado nas colunas dos templos. Na Índia, a forma da espiral está associada à serpente ígnea, à energia Kundaliní, que dorme enroscada na base da coluna vertebral pronta a ser despertada em estado latente.
O movimento da espiral é observado nos cânticos e nas danças espirais de celebração do solstício de inverno entre os índios da América Central, que festejam o princípio de um novo ano e o ponto zero de uma nova etapa. Um tipo de dança giratória é também encontrada entre os Dervixes da tradição sufi.
Apesar de indicar um movimento constante, a espiral traduz ao mesmo tempo equilíbrio e ordem inseridos numa permanente mudança. Em África, a espiral possui o simbolismo da criação da vida e na expansão do mundo e, entre certas tribos, representa o deus masculino e também o movimento das almas e dos espíritos. Em outras culturas muito antigas, a espiral foi usada para gravar nas rochas das montanhas relógios solares.

Buda da Felicidade

Se nos dispusermos a examinar cuidadosamente a nossa mente, buscando compreender realmente o que é a realidade, o mundo, a vida e o que somos nós mesmos, há um caminho para a felicidade — uma felicidade duradoura, profunda e que se traduz em ações compassivas.
Essa felicidade não pode se limitar a umas poucas sensações agradáveis, a alguns prazeres que logo terminam, nem a emoções ou estados de ânimo passageiros. A felicidade é uma profunda sensação de florescer que surge em uma mente excepcionalmente sadia
Não há um “outro” lugar, ou outro tempo, em que viremos um dia a ser felizes. A felicidade é aqui mesmo, no presente — nem no passado, nem no futuro, nem em outro lugar, nem com outras pessoas. Ela está na atitude de viver a vida com compaixão, buscando sempre trazer a felicidade para o outro, usando de todos os meios hábeis para que ele a consiga.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Imagine (John Lennon)

Imagine (John Lennon)

Imagine there's no heaven
It's easy if you try

No hell below us

Above us only sky
Imagine all the people
Living for today

Imagine there's no countries
It isn't hard to do
Nothing to kill or die for
And no religion too
Imagine all the people
Living life in peace

You may say
I'm a dreamer
But I'm not the only one
I hope some day
You'll join us
And the world will be as one

Imagine no possessions
I wonder if you can
No need for greed or hunger
A brotherhood of man
Imagine all the people
Sharing all the world

You may say
I'm a dreamer
But I'm not the only one
I hope some day
You'll join us
And the world will live as one


Laço de renda


Lembram da Promoção de Carnaval ?? Pois aqui está a ganhadora Priscila Cavalcante e sua tattoo...