terça-feira, 28 de junho de 2016

As tatuagens maori têm este nome pois fazem parte da cultura maori, o povo proveniente da Nova Zelândia antes da descoberta e colonização pela Inglaterra no século XVIII. Este povo cultivava uma tradição de tatuagem, na qual imperava uma riqueza de desenhos e significados. A parte do corpo dos homens mais valorizada para a tatuagem era o rosto, que distinguia nobreza e posição social, conferindo status e poder a quem tatuava. Nas guerras as cabeças do inimigo eram cobiçadas, cortadas e depositadas em urnas sagradas. As mulheres tinham o hábito de tatuar o queixo, algo pouco visto entre nós! A tatuagem era feita entre eles com uma agulha fina feita de ossos de albatroz, um martelinho e tinta vegetal. Além da cor, esse tipo de tatuagem conferia relevo ao desenho.


Mãe, meu amor eterno..


Andar de bicicleta emagrece, sendo um bom exercício para quem sofre com as alterações causadas pelo excesso de peso, como problemas de coluna, joelhos ou tornozelos. Andar de bicicleta pode queimar até 400 calorias por hora, fortalece as pernas, obriga a manter o equilíbrio, ajuda a tonificar os músculos do abdômen. Assim, a longo prazo andar de bicicleta pode ajudar a emagrecer mais do que uma caminhada, devido ao aumento muscular nas pernas. Andar de bicicleta é uma atividade muito saudável que, além de ajudar a perder peso, possui outros benefícios como diminuir o colesterol e a diabetes, manter a saúde psicológica, combater a insônia, preservar o ambiente e ajudar a vencer a depressão, pois libera endorfinas na corrente sanguínea.